quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Dois mundos podem se complementar mesmo com toda distância que os separa!





Como duas pessoas tão parecidas podem ser ao mesmo tempo tão diferentes e ficarem tão longe uma da outra, quando na verdade a essência do que são nasce do mesmo lugar, tal qual, como a poesia e a música, dois seres dotados de beleza e emoção, mas distantes na forma de se apresentar. Os dedos delicados de quem compõe uma história de amor e aos poucos vai deixando a harmonia dos acordes perpassarem aquelas letras traçadas são como a alma e a emoção de um poeta escrita em versos, como uma escultura que vai ganhando forma através da ponta de um lápis que vai talhando tal texto de modo ímpar.
Sim, é lindo olhar que tais almas em um certo ponto da vida estejam intimamente ligadas por um amor que nasce com a mais pura das intenções, mas não só de belas nascentes vivem duas pessoas, o amor se corrompe, um tenta sobressair ao outro, a poesia quer mais, quer que os olhos se voltem para seu egoísmo, e a música passa a desejar multidões voltadas para sua arrogância.  Hoje há raras exceções em que o amor não se torna individualismo, em que a música e a poesia se respeitam e se amam e se encontram em um mesmo palco para revelam a arte de um sentimento, é como uma utopia que se concretiza aos poucos, acreditar no poder de ambas é dádiva de poucos, e maior que isso é acreditar que a distinção ainda é o caminho da emoção, que ás vezes é preciso ir longe para se encontrar o que está perto e que é preciso estar atendo para apreciar um soneto ou uma bela melodia, e estar atento com os ruídos e tons desafinados que se apresentam de maneira contagiante, mas que não passam de letras frustradas em busca de alguém que as satisfaça.


                                                                                                                                                           João Af. Maia

Se ponha a frente de outra pessoa com sinceridade para que Deus aos poucos revele um sentimento de verdade!


A vida é algo interessante demais, difícil de ser compreendida, mas simples de ser vivida. É impressionante como num momento nos encontramos estáveis e através de uma certa impulsividade, mesmo que provocada por terceiro, perdemos completamente o rumo, não que eu queira apagar os exageros do passado, mas sim, transformá-los na prudência do futuro e só assim poderei demonstrar que há muito mais na simplicidade de um caboclo que os olhos podem ver. Escrevo isso afim de que Deus me ensine como cultivar uma semente talvez precoce mas de grande valor, lançada ao solo, aos olhos de alguém que pode se tornar  grande pela sinceridade de um sorriso, e quem sabe ser aquela flor majestosa que um dia virá habitar em meu jardim para que eu possa regá-la e cultivá-la, afinal o maior tesouro de um jardineiro é a flor cujas mãos dele se sujaram e meio a terra para que dela ele pudesse cuidar. Não faço muito bem o papel de meloso e nem pretendo, apenas o da simples pessoa que de alguma forma Deus quis por a frente de outra especial.

                                                                                                                     João Af. Maia

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Desabafo da semana


JAKE: Vamos embora tio Charlie!!
CHARLIE: Que ir embora nada, pelo menos diga um oi para a garota.
JAKE: Mais se ela rir de mim?
CHARLIE: AHHHH que fofinho, adolescentes!! A pior coisa que pode acontecer é, você se apaixonar por ela e depois se casar ai ela te dá um pé na bunda fica a sua casa todo seu dinheiro e você fica jogado as traças morando em um trailler.

Se você ai adolescentes, Adultos... fica só atrás deste computador com medo, de dizer ao menos um "oi" para aquela garota linda acorda ou f**** da p***, pode estar perdendo a oportunidade da sua vida de ser feliz, além do mais se alguma delas rirem de você pode ter certeza, que algo melhor te espera, chega mesmo e mostra para que você veio ao mundo e dê orgulho a sua raça! Não tenha medo de um risada, isso não é a pior coisa do mundo, pior mesmo é morrer sem ter tentado, tentado fazer algo que você gostaria e deixou o seu maior inimigo te impedir de fazer, então enfrente seus medos e seja feliz... Tenha uma boa semana!! (Por Pablo Rocha)

Tirinha do dia... "Como tudo começou..."


terça-feira, 9 de agosto de 2011

terça-feira, 2 de agosto de 2011

As mãos nunca estão distantes do coração de seu dono!


Andei fazendo comparações, procurando a melhor forma de entender a vida, parei e olhei paras minhas mãos sangrando, ásperas e dormentes após carregar pedras, pesadas caixas e madeiras tomadas por pregos; e foi aí que entendi e compreendi o sentido de tudo. As mãos de um trabalhador ou até mesmo dos antigos escravos são áperas em função de todo trabalho sofrido que passaram, e quanto mais pesado e dolorido, o couro que envolve essas mãos vai ficando mais rígido, menos agradável de se tocar, com a única função de suportar a dor do trabalho sofrido , mas aí você se pergunta o que isso tem a ver com a vida? Muito simples, um coração quanto mais sofre, mais duro fica, é menos agradável e muito mais difícil se aproximar de alguém cujo coração é duro como ferro, muitos corações se fazem assim somente para resistirem ao peso diário de seu sofrimento, da dor invisível mas igualmente presente como a dor física ou material, assim como as mãos, mesmo que venham dias mais leves ou felizes, elas não se restauram, permanecem como estão, nada mais que um processo natural. Infelizmente, mãos de veludo, macias e sensíveis são um privilégio de poucos bem como um coração sem marcas, o meu não é assim, sangra todo dia, mas vai se adaptando como um forte mão pronta para um dia difícil.

                                                                                                                         João Af. Maia